1.5.11

Censo 2010: envelhecimento da população preocupa ministro da Previdência


De acordo com o ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, o resultado do Censo 2010 mostra que o Brasil está no meio de uma transição geográfica. "As projeções apontavam que em 2020 teríamos 1,8 filho por mulher. Em 2008, tivemos a informação que as mulheres brasileiras já têm, em média, 1,8 filho", conta.

Diante desse dado, uma projeção para 2020 mostra que haverá perda de 30 milhões de brasileiros, uma nova configuração considerada grave pelo ministro. "São menos pessoas trabalhando e mais pessoas idosas. Teremos que dar conta não só da aposentadoria como das políticas públicas para essas pessoas", explica Gabas.

Esse novo desenho da sociedade, segundo o ministro, ainda demonstra que as mulheres estão ocupando cada vez mais espaço no mercado de trabalho. "Isso é muito positivo para o país, mas traz o reflexo no número de filhos", avalia Gabas. "As pessoas estão se formando mais tarde, especializando-se mais e depois entrando no mercado de trabalho. Isso tem reflexo direto no crescimento da população".

Prevenção para evitar problemas futuros

Para ele, o mercado precisa se organizar e o Estado brasileiro tem que se preocupar com essa população que vai crescer em pouco tempo. Porém, segundo a Agência Brasil, o ministro não acha necessário fazer uma reforma no sistema previdenciário com urgência.

"O comportamento da arrecadação reflete que há uma mudança e significa que temos uma Previdência equilibrada. É hora de conversar com a população para saber qual o tipo de Previdência que ela quer no futuro. Esse é um debate que precisa ser colocado e é uma questão necessária", destaca Gabas.

Brasileiros com mais de 100 anos

De acordo com os dados do Censo 2010, divulgados na última segunda-feira (29) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil tem 23,7 mil habitantes com mais de 100 anos. Só na Bahia, são 3.525 brasileiros centenários.

Os números também mostraram uma redução no ritmo de crescimento populacional nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em compensação, os estados que registraram crescimento populacional mais expressivos foram Amapá (40,18%), Roraima (39,1%) e Acre (31,44%).

Fonte: http://www.segs.com.br

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...