11.7.10

Importância da autoestima


Todos acompanhamos nas últimas semanas a desclassificação da seleção brasileira de futebol na copa do mundo.

Sem querer entrar no mérito técnico "futebolístico" onde o treinador Dunga resolveu ir de encontro a toda população, imprensa e analistas esportivos a fim de levar a sua seleção, digo sua pois ela não era a seleção brasileira (da maioria dos brasileiros).

A seleção do Dunga já foi para a África do Sul influenciada, criticada por toda a imprensa mundial, o que a meu ver já causou uma baixa autoestima ao grupo que lá estava para nos representar, muitas palavras negativas e de repulsa ao time escolhido.

O lance que originou o primeiro gol da Holanda, por ter sido um "gol bobo" como se fala na gíria do futebol desestabilizou ainda mais aqueles que já estavam com a autoestima baixíssima, o que fez com que todos se perdessem em campo e não tivessem o poder de reação, acabando o mundial de forma vergonhosa para a nossa seleção já que se espera bem mais de um país que é o número 1 do ranking mundial.

Eu citei o exemplo da selação para refletirmos sobre a importância da autoestima em nossa vida e na vida daqueles que instruimos.

Ora, podemos através de palavras negativas e de desprezo diminuir a autoestima de alguém e ao mesmo tempo através de palavras positivas aumentá-la e ajudar bastante que esta pessoa consiga vencer os obstáculos da vida. Para isso precisamos mostrar que acreditamos no potencial das pessoas, que não as vemos como derrotados mas como lutadores e que possuem grande potencial para vencer naquilo que fazem.

E quanto a nós? É fundamental acreditarmos em nosso potencial ainda que muitos tragam palavras de derrota ou de desânimo.

Me lembro muito bem que tinha o desejo de estudar e me formar em uma faculdade, como estudante de escola pública era desacreditado por muitos, porém no ensino médio alguns docentes me incentivaram e disseram:

- Vai que você tem potencial!

Isso ajuda, aumenta a autoestima e torna gatos verdadeiros leões.

E você, como tem agido com seus alunos, filhos, familiares, amigos, etc.?

Você é um estimulador ou desestimulador?

Luciano Costa

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...