15.3.10

Povoamento: áreas ecúmenas e anecúmenas

Um antigo conceito grego, utilizado ainda hoje, divide o planeta em duas porções: a porção habitável - o ecúmeno, do grego oikoumêne, que significa "habitada (a Terra)", ou seja, a área habitável ou já habitada da Terra - e o anecúmeno, que é composto por áreas desprovidas de povoamento ou que, devido às suas condições naturais, abrigam pouquíssimos indivíduos.

O termo ecúmeno, portanto, refere-se às áreas da superfície terrestre que já foram, estão sendo ou ainda virão a ser ocupadas pelo homem - com a finalidade de ali se instalar ou, então, de explorá-las economicamente. Geralmente, essas regiões têm boas condições para a ocupação: relevo plano, latitudes médias e proximidade às bacias hidrográficas.

O avanço da tecnologia proporcionou ao homem o poder de transformar praticamente todo o planeta em uma imensa área ecúmena. Existem atualmente poucos locais para ainda serem ocupados - e, geralmente, estão localizados nos pólos (como a Antártida), nas altas montanhas, nos desertos (como o Saara) e nas densas florestas (como a Amazônia).

Homem supera dificuldades do meio

Além dos recursos oferecidos pela tecnologia, que permitem transformar áreas inabitáveis em habitáveis, o ser humano, entre todas as espécies vivas, é a que mais facilmente se adapta às mais diversas condições ambientais.

A utilização e o desenvolvimento de recursos como, por exemplo, o vestuário, formas adequadas de habitação e alimentação, deixam o ser humano mais preparado para enfrentar as dificuldades naturais que possam existir nos diversos tipos de ambiente. Além disso, o homem consegue produzir aquecimento em áreas frias, refrigera áreas quentes, ilumina locais de longa escuridão, irriga lugares secos, drena áreas encharcadas, etc., procurando sempre criar ambientes mais adequados à sua fixação ou exploração.

Quanto ao conceito de anecúmeno, vale lembrar que os limites dessas regiões de difícil acesso também se modificam de acordo com o avanço da tecnologia e da capacidade econômica do homem.

Antigamente, fatores que representavam grandes dificuldades para a ocupação humana, como clima, relevo, hidrografia, entre outros, hoje podem ser superados graças ao desenvolvimento tecnológico. O resultado desse avanço representa uma ampliação dos limites ecúmenos e a conseqüente diminuição das áreas anecúmenas do planeta.

3 comentários:

fabio disse...

gostei muito de sua conceituação sobre o assunto,bem abrangente e entendedor. obrigado

fabio disse...

adorei sua conceituação sobre o assunto,bem abragente e entendedor.obrigado

higor disse...

legal seu texto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...