14.1.10

Chuvas de verão.

Entenda o mecanismo das chuvas de verão e a influência do El Niño nos elevados índices pluviométricos nesta estação do ano.

Uma notícia....

"O verão brasileiro, que começou nesta segunda-feira (21) às 14h47, terá temperaturas acima das registradas nos últimos anos. Nas regiões Sul e Sudeste, a tendência é que continue a chover na mesma intensidade que vem sendo registrada. A informação é do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTec) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)".
Crédito: Agência Brasil - 21/12/2009

Aqueles que seguem as notícias da mídia sobre as condições do tempo em seu município, e em outros municípios brasileiros, observaram que a estação primavera (2009) foi excessivamente chuvosa, principalmente na região Sul do Brasil.
De acordo com a notícia publicada pela Agência Brasil em dezembro de 2009, as previsões para os meses de verão, estão ocorrendo. O início do ano de 2010 foi marcado por fortes pancadas de chuva, resultando em enchentes e deslizamento de encostas em algumas cidades das regiões Sul e Sudeste do país.
Como já sabemos, em algumas regiões brasileiras, o verão é caracterizado como uma estação chuvosa, onde ocorrem os maiores índices pluviométricos. Muitas vezes esse volume elevado de chuva está relacionado às altas temperaturas, ocasionando as chuvas de convecção, popularmente conhecidas como "chuvas de verão".
No entanto, o elevado volume de chuva registrado nos meses de primavera e verão (2009/2010) também pode ser explicado pela influência do fenômeno atmosférico-oceânico El Niño.

Um pouco de conhecimento...
Para ocorrer a chuva (precipitação), o ar precisa ter umidade e subir na atmosfera. À medida que sobe, o ar úmido vai se resfriando, e toda vez que uma massa de ar úmido se resfria, o vapor de água transforma-se em gotas de água. Esse fenômeno é chamado de condensação.
A quantidade de vapor d'água contida no ar explica porque em algumas regiões chove mais e em outras menos. Se um determinado lugar não tem umidade, não tem vapor d'água para condensar. Nesse lugar o ar vai subir e se resfriar, mas não irá chover.
Em lugares úmidos o sol esquenta o solo: o asfalto, as áreas edificadas, as florestas ou a terra nua. A massa de ar quente - menos densa - tende a subir. Conforme sobe, a massa se resfria, condensa e vira chuva. Por isso é que, no verão, quando a massa de calor é grande, ocorrem os temporais, também chamados de chuvas de convecção.

Chuva de convecção no Vale do Rio Purus, Amazonas.

Nestes últimos anos, conforme estudamos e observamos nos noticiários, a temperatura do planeta está subindo e ocasionando mudanças climáticas. Associado à essas mudanças, também sofremos a influência do El Niño. Esse fenômeno atmosférico se caracteriza pelo aquecimento anormal das águas superficiais no Oceano Pacífico. A ocorrência afeta o clima regional e global e muda os padrões de vento e o regime de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.

Clique aqui para ver a animação das condições do El Niño.

É importante salientar que de acordo com especialistas do CPTec, em 2008 houve aumento de 0,36 graus Celsius na temperatura do planeta, quando comparado aos registros de 1961. A previsão de um verão mais quente em 2010, porém, não representa uma mudança climática definitiva. Para considerar a variação como fixa seria necessário analisar um período de 50 a 100 anos. No entanto, a projeção dos especialistas nos meses de Janeiro a Março de 2010, indica que o oceano Pacífico continua aquecendo-se irregularmente, coincidindo com o período de verão do Hemisfério Sul.

No mapa abaixo, observe a previsão climática para as regiões brasileiras no primeiro trimestre de 2010.

Fonte: CEPTEC/INPE

Analisando o mapa, é possível concluir que a influência do El Niño propicia às regiões Sul, Sudeste e alguns estados do Centro-Oeste uma atmosfera mais quente e favorável à formação de chuvas convectivas acima do normal. Nas regiões Norte e Nordeste do Brasil a perspectiva é de pouca chuva nesse período.

Para saber mais:

Fonte de pesquisa: INPE/CEPTEC

Um comentário:

Hermerson Alvarenga disse...

Muito bom esse blog, e todas as matérias nele contida. Serei um visitante assíduo.
Visite também meu blog. http://hermersonalvarenga.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...