20.8.09

Manchando a imagem - o PT das elites!


Em mais um capítulo vergonhoso na história deste país Sarney é absolvido pelo Conselho de Ética do senado devido a negligência da base governista.
Ora, o PT que no passado deste país era uma esperança contra as elites que perpetuam no poder desde o "descobrimento" se tornou um agente do continuismo e arrogância política, a favor da desigualdade e dos desmandos políticos no país.
Isso só vem confirmar o que venho falando por aqui nos últimos tempos, a política de boa vizinhança do PT é feita não apenas a nível internacional, mas também no Congresso Brasileiro.
Esta troca de favores é o retrato da política brasileira, enquanto a maioria da população a cada dia fica sem representatividade. A "pizza" como sempre é saborosa!
Alguns petistas envergonhados como a senadora Marina Silva já anunciaram o desligamento
"Nesse momento, trata-se de dar conhecimento à sociedade brasileira da decisão que é fruto de uma reflexão com companheiros e dirigentes do partido, que significa me desligar do PT depois de 30 anos", disse ela.
Outros petistas como Mercadante já apresentam rumores de seu desligamento do partido já anunciando o desligamento da liderança do partido.
Eu gostava do PT quando este realmente era o "partido dos trabalhadores", com todas as lutas sociais empreendidas contra o conservadorismo brasileiro, agora mais se parece com o "partido da pouca vergonha".
Muitos partidários conscientes e engajados com a questão social já refletem sobre o atual direcionamento do partido.
O Lula como sempre afirma não ver nada, isso mesmo, ele diz que não vê crise nenhuma no PT e que tudo anda muito bem. Acho que o Lula deveria assistir seus vídeos do passado já que parece estar muito ruim de memória.
Até mesmo os estudantes, antes aliados na luta por justiça social agora são criticados pelo presidente e vice-versa. "Não adianta reclamar, tem que participar da política" disse o presidente.
Lula disse que sabe que há muita gente desacredita na política e que daria “um conselho de amigo” e não do presidente da República. “O político tem mandato de quatro em quatro anos. A gente pode fazer meia limpeza, limpar tudo ou deixar como está”, disse.
Na verdade, em 8 anos, a sujeira continua no mesmo lugar!
O PT, ao chegar ao executivo brasileiro manchou toda a sua história de luta do passado, as gerações futuras vão ler este triste capítulo da história deste partido, imaginem os livros que serão publicados sobre tudo o que aconteceu nos últimos anos e a negligência dos dirigentes.
O pior de tudo é que o povo brasileiro tem a memória política curta e todas as falcatruas que acompanhamos já se tornou uma rotina, tanto é que nem mais nos importamos tanto com estas coisas.
Quando as coisas ruins se tornam comuns dificilmente uma revolução que resulte em mudanças acontece.
Descrente nos rumos da política brasileira, porém, esperançoso no futuro,
Luciano Costa

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...