18.6.09

MP quer concurso público para AMAC

Uma comissão formada por três procuradores do Ministério Público Estadual e dois do Ministério Público do Trabalho propôs ao prefeito Custódio Mattos (PSDB) a celebração de um termo de ajustamento de conduta (TAC) para resolver a conturbada situação jurídica da Amac. Criada como entidade civil, hoje com cerca de 2.100 funcionários contratados sem concurso público, a associação é mantida exclusivamente com recursos da Prefeitura, fato considerado "esdrúxulo" pelos promotores. No TAC, eles estabelecem o prazo de 180 dias para que o prefeito promova seleção pública para prover os cargos da entidade e rompa o vínculo empregatício de todos seus servidores. O termo foi rejeitado por Custódio, que pediu um prazo maior para equacionar a situação.

Fonte: Tribuna de Minas

________________________

É realmente uma vergonha e falta de vontade política o fato da situação da AMAC ainda não ter sido resolvido.

Ora, ou é uma entidade estatal ou privada, em vários minicípios ja foram extintos o vínculo celetista de servidores em órgãos públicos por ação judicial.

Por que em JF isto é um processo lento?

Eu mesmo conheço algumas pessoas indicadas por conhecerem pessoas influentes na prefeitura que trabalham na AMAC, cargos arranjados por "padrinhos" muitas vezes por favores políticos prestados.

Ora, o concurso público é essencial para uma entidade séria, poderia pelo menos ter sido realizado concurso para "emprego público", o que muitas entidades nesta mesma situação fazem.

Enquanto isto alguns apadrinhados gozam dos cargos que deveriam ter uma concorrência já que são pagos com dinheiro público.

Espero que o MP tenha pulso firme e comprometimento com a população de Juiz de Fora e leve adiante esta medida de regularização desta entidade tão importante em ações sociais em JF.

Aqui no blog você lê o que os jornais não explicitam já que não existe crítica alguma neste veículo de comunicação elitista.

Luciano Costa

5 comentários:

Anônimo disse...

Como você mesmo escreveu, é realmente uma vergonha e falta de vontade política o fato da situação da AMAC ainda não ter sido resolvido.
Será que os 2 mil e poucos funcionários da AMAC são apadrinhados, são cargos de confiança do atual prefieto? Será que a AMAC é um cabide de emprego e seus funcionários nada fazem apenas assinam o ponto? É os programas sociais não existem, não beneficiam que mais precisa???
Eu sou uma funcionária da AMAC é no entanto não tenho nenhum padrinho político...
Você diz que conheçe algumas pessoas indicadas por conhecerem pessoas influentes na prefeitura que trabalham na AMAC, cargos arranjados por "padrinhos" muitas vezes por favores políticos prestados esses cargos vão continuar exitiondo, vão ser contratados para trabalharem na PJF. E os outros que não têm padrinho vão para a rua sem direito algum é isso que você diz que é justiça?

Parabéns tucano, vocês são todos iguais, não estão nem aí para os programas sociais e querem privatizar tudo.

Você escreveu que os Concurso público é essencial para uma entidade séria, poderia pelo menos ter sido realizado concurso para "emprego público", o que muitas entidades nesta mesma situação fazem. Você bem sabe que os corcursos públicos são cartas marcadas, que antes das provas já estão definidos os nomes das pessoas que vão entrar? Ou você é puro e inocente, e não sabe como a política funciona do Brasil ou é burro?
Pois os apadrinhados vão continuar gozando de seus cargos e os pobres funcionários, honestos e competentes vão para a rua sem direito algum.

Espero que o MP tenha pulso firme e comprometimento com a população de Juiz de Fora e não cometa um ato tão injusto e não permita que continue a corrupção em todos os setores públicos do Brasil e permita que continuemos a cumprir com as importante em ações sociais emplementadas pela AMAC em JF.

Os jornais sempre se colocam do lados so poíoticos, principalmente a Tribuna que é Tucana até a alma e assina em baixo de todos os atos do atual prefeito eletista.

Luciano Costa disse...

AO (A) ANôNIMO (A)

Eu não costumo responder comentários de "anônimos", afinal, se não temos o rabo preso então não precisamos esconder a cara, mas como este blog é democrático, publiquei o seu comentário sem nexo e faço aqui comentários sobre mesmo.

1) O que te impede de concerrer com igualdade de condições com toda a população caso seja mesmo funcionário da AMAC? Por que alguns são privilegiados em uma instituição mantida com dinheiro público e outras pessoas não? Será que é justo com toda a população desempregada de Juiz de Fora a ocupação destes cargos sem concurso público, independente da forma de ingresso?

2)Não estou aqui dizendo que os funcionários que lá trabalham só assinam o ponto e não fazem nada como alguns, o que questiono é justamente a legitimidade de cargos ocupados e pagos COM DINHEIRO PAGO PELO POVO sem igualdade de condições de acesso, se você for um(uma) profissional capacitada para ocupar o cargo que ocupa, por que tanto medo de enfrentar um concurso? A dificuldade de empregos hoje é para todos e não é justo um grupo seleto se apropriar de cargos públicos que devem ser preenchidos EXCLUSIVAMENTE POR CONCURSO PÚBLICO.

3) Sei da importância social da AMAC e os serviços não serão prejudicados, aliás podem até melhorar com a entrada de profissionais capacitados admitidos por concurso e não apadrinhados que não possuem nenhum compromisso com a sociedade, mas buscam receber favores políticos ja que são na maioria das vezes cabos eleitorais, olha que nas eleições tinha gente trabalhando duro para alguns candidatos a vereador em troca destas ocupações.

4)Dizer que os "apadrinhamentos" vão existir e não fazer nada para mudar uma realidade é ser condizente com uma situação de desrespeito da lei. Acredito que não sou burro, inclusive sou funcionário público aprovado em concurso e sem nenhum padrinho para ajudar, dizer que todo e qualquer concurso é fraudulento é o mesmo que dizer que todo político é corrupto e que todo morador de favela é traficante, haja senso comum em suas palavras!

5)Não sou tucano e nem faço parte de nenhum grupo extremista na política, não sei de onde você tirou isso. Se você é mesmo funcionário da AMAC estaria agradecendo ao CUstódio que está buscando burlar a lei e encontrar uma forma de manter a mamata na AMAC, você critica e defende a mesma coisa, nem sabe do que está falando já que diz ser contra as privatizações, mas não quer que a situação da AMAC seja regularizada a fim de tornar um órgão público o que só recebe o dinheiro, mas não tem as suas obrigações, o que os tucanos mais querem é manter esta instituição da forma como tem sido conduzida a anos.

6)Depois de tudo que ja foi explicitado eu reafirmo: Espero que o MP faça realmente a legislação ser cumprida e tenha pulso firme já que é inacceitável um país que se diz "democrático" as elites políticas e econômicas mandarem e desmandarem como bem entendem.

7) Pelo menos na última parte de seu comentário podemos salvar algo, ao falar dos jornais que ignoram a crítica das informações e nada contribuem para uma sociedade realmente livre com cidadãos conscientes.

No mais, seu comentário é uma confusão só e esta bandeira levantada dos serviços prestados não cola para continuar com a mamata sem críticas já que podem ser ainda mais aprimorados com outros profissionais, sobre a manutenção dos empregos, eu entendo o medo e o ponto de vista, porém não podemos dizer que é justo com a grande maioria da população que trabalha e estuda de sol a sol para conseguir ser aprovado em um concurso.

Me coloco a disposição para quaisquer outras informações ou debates.

Luciano

Leida disse...

Não seria justo que os funcionários da AMAC fossem salvos para uma fundação sem concurso público, pois recentemente os 262 funcionários terceirizados do Hospital Universitário-UFJF, que ali trabalharam por anos a fio, foram sumariamente colocados na rua, por exigência de uma seleção pública quando a terceirização passou a ser feita através da Fundação HU. É lamentável que tais fatos ocorram, mas não deve haver 2 pesos e 2 medidas.

la_emerick disse...

Meu amigo luciano estou muito feliz de ver como você cresceu profissionalmente, e mantem as esperanças no que você escolheu como profissão, que é a geografia.Você entendeu o verdadeiro significado desta profissão onde eu me orgulho de fazer parte disto com com você.Que Deus possa continuar te iluminando em sua trajetória de vitórias, abraços de seu amigo e colega de profissão Álvaro.

Qpapoehesse disse...

Oi, tudo bem?
Meu nome é Adriana e sou funcionária da AMAC e gostaria de dizer q nem todos os funcionários da instituição são contra o concurso público, alguns de nós como eu, achamos justo, porém pedimos aos governantes q nos mandem embora com todos os direitos garantidos o q não foi falado em nenhum momemento,se bobearmos nos colocam porta afora depois de anos sem direito a nada. Tenho certeza q vc não acha isto justo...Muitos de nós funcionários concordamos e queremos trabalhar numa instituição legalizada...Fica difícil, pq nem mesmo nós sabemos de fato a q categoria pertencemos. Não queremos ser discriminados de forma alguma, e mesmo pq só quem leva vantagem com essa situação de fato são os cargos comissionados
( com algumas excessões) pq a grande maioria trabalha muito e se dedica todos os dias há um trabalho cansativo e q necessita de muita vontade. Trabalhar na área social com tantos problemas não é fácil, mas posso te dizer q é gratificante e não é qlqer um q possui "dom" para lidar com casos graves (abandono de crianças, idosos violentados, moradores de rua sem perspectiva de futuro, mães desesperadas e outros). Acredito q merecemos muito valor pois nosso trabalho é excelente.
Com certeza esperamos o concurso pq a AMAC merece e deve andar de acordo com a LEI, a cidade merece pq é sem dúvida um serviço essencial. Não podemos apenas fechar as portas ou passar a responsabilidade para instituições privadas, foram anos de capacitações e qualificações e em sua maioria buscamos nos aperçoiar e estudar nos qualificando mais ainda. Q fique bem claro nõa temos medo do Concurso porém apenas aguardamos receber nossos direitos.
Contamos com a compreensão de todos. Não nos marginalizem, por favor...
Uma abraço.
Adriana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...