18.2.09

Ainda sobre o "mapa" da exclusão de JF.

A discrepância dos dados são anda mais perversos do que eu citei na postagem anterior, visto que, a representação trata apenas de áreas "oficiais", sendo assim, a "cidade informal" não entra nas estatísticas, o que se trata de áreas chamadas de invasões.

Como todos sabem, cidades com o porte de JF apresentam muitos locais como este, sem rede elétrica, sem rede de esgoto, água tratada, auto-construções, etc..

A perversidade da exclusão é muito maior, enquanto a cara-de-pau dos governantes que insistem em maquear a realidade espacial cresce na mesma proporção. Enquanto isso, a assistência por parte do poder público diminui.

Isso não é só um mal de nossa cidade, quem mora ou ja foi em SP ja deve ter visto os grandes prédios "populares" construidos em frente a favela Eliópolis a fim de camuflar a triste realidade e melhorar a estética da maior cidade brasileira.

Até quando viveremos de aparência?

Até quando o poder público vai governar para a elite brasileira?

Luciano Costa

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...